Go to Top

Fim da quarentena do navio Costa Fascinosa – Notícias

Após o período de 14 dias sem registros de novos casos ou suspeitas de Covid-19, o navio de cruzeiro Costa Fascinosa encerrou sua quarentena, que vigorou até domingo (26/4).  

Com isto, os tripulantes do navio estão liberados para desembarcar e voltar aos seus países de origem. Contudo, é importante destacar que a embarcação deverá permanecer por mais alguns dias no porto de Santos, para a repatriação dos tripulantes. A expectativa é de que 230 pessoas sejam desembarcadas ao longo dos próximos dias pela empresa marítima. 

Durante a quarentena, o Costa Fascinosa tinha ao todo 420 tripulantes a bordo, sendo que 32 desembarques já foram realizados na terça-feira (28/4). Caso a empresa faça a repatriação prevista de 230 pessoas, permanecerão ainda a bordo 158 tripulantes.  

Dos 32 tripulantes que já desembarcaram, quatro tiveram como destino a Europa, precisamente França, Grã Bretanha, Espanha e Romênia. Das 28 pessoas restantes, 27 são indonésios e um é italiano. O voo desse segundo grupo parte de Guarulhos na madrugada de quarta-feira (29/4).  

Deve-se ressaltar ainda que, antes dos desembarques, os tripulantes passam por uma última avaliação clínica, para verificar a presença de sintomas de Covid-19, por exemplo, febre e tosse.  

A decisão de manter os tripulantes a bordo, fazer a repatriação ou deixar o porto de Santos com o restante da tripulação é da empresa marítima, já que o navio está liberado. No momento, não há previsão para que a embarcação deixe o litoral brasileiro.  

O agendamento ou fretamento de voos, assim como a logística de transporte para o aeroporto, é igualmente de responsabilidade da empresa marítima.  

Outros navios no porto de Santos 

Atualmente, apenas um navio se encontra em quarentena na região do porto de Santos. Trata-se do navio de cargas Saldanha. A embarcação não registrou novos casos de Covid-19, mas permanece em quarentena até sexta-feira (1/5), que é a data em que completa 14 dias, após um dos tripulantes da embarcação ter tido resultado positivo para Covid-19 em teste rápido. 

É importante esclarecer que o tripulante está em bom estado de saúde e foi o único caso confirmado entre os 20 tripulantes da embarcação.  

Outros navios no porto do Rio 

A Anvisa também está monitorando a situação de seis embarcações no porto do Rio de Janeiro, que registraram casos de Covid-19 entre seus tripulantes. Devido à doença, a Agência impediu a operação dessas embarcações. 

Confira os navios que se encontram impedidos de operar na quarta-feira (29/4 até 17h):   

Atuação da Anvisa 

O objetivo do impedimento de operação das embarcações é prevenir a disseminação do Covid-19 entre seus tripulantes, que normalmente cumprem jornadas de longa duração em alto mar.  

A Anvisa determina que a tripulação com suspeita ou com casos confirmados cumpra as medidas de isolamento. Isso pode ser feito no navio, em domicílio ou em hotéis custeados pelas agências marítimas responsáveis pelos navios.  

A forma de isolamento pode variar de acordo com as caraterísticas estruturais e de acomodação de cada embarcação. Em alguns casos, a Anvisa pode bloquear a operação de uma embarcação, para fazer uma investigação mais detalhada dos dados de saúde e da situação da embarcação.  

Quer saber as notícias da Anvisa em primeira mão? Siga-nos no Twitter @anvisa_oficial, Facebook @AnvisaOficial, Instagram @anvisaoficial e YouTube @anvisaoficial

Fonte: http://portal.anvisa.gov.br/noticias/-/asset_publisher/FXrpx9qY7FbU/content/fim-da-quarentena-do-navio-costa-fascinosa/219201?inheritRedirect=false&redirect=http%3A%2F%2Fportal.anvisa.gov.br%2Fnoticias%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_FXrpx9qY7FbU%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_count%3D1

, , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.